11 958847455

contato@aff.net.br

Profissional Inovador, desenvolva esta características!

Profissional Inovador, desenvolva esta características! post thumbnail image

Seja um profissional inovador!

Ser um profissional inovador hoje já está quase fazendo parte na seleção de pessoas das empresas, toda organização quer ter “inovador”, mas será que todos podemos ser um ou temos que nascer com essa qualidade e característica?

 

Toda organização quer ter um profissional inovador, pois eles carregam consigo uma boa reputação por onde passam, sua trajetória é direcionada aos mais altos salários e as melhores posições, pois sua forma de pensar é diferente, eles buscam a resolução do problema, buscam novas formas de fazer a mesma coisa.

 

Segundo a ciência, todos nós podemos ser inovadores, esta ação acontece em algum momento da nossa vida ou em nossa trajetória. Para que possamos entender melhor o que é ser um inovador, precisamos compreender o que esse conceito quer dizer.

 

“Ser inovar é utilizar contexto já existente, que funcionam em um ambiente também já existente e conhecido, de uma maneira que este contexto jamais tenha sido visto naquele ambiente e que levem a um novo resultado”.

 

Explicando melhor o conceito, é utilizar recursos que já existem e inserir dentro do problema com uma forma de resolver a situação.

Por quê é importante ser um profissional inovador?

Este é o tipo de profissional que têm as melhores chances, ele é o colaborador que chega nas vagas mais restritas de uma empresa, pois têm um alto padrão de rendimento, ele consegue assimilar com maior facilidade, às mudanças e soluções com maior rapidez.

 

Toda a organização passa por mudanças, sempre buscam inovar para sair de alguma situação, seja pela necessidade do mercado ou para se destacar da concorrência, para uma organização ter um profissional inovador em seu grupo é muito importante, pois ele agrega com experiência e com uma nova visão em frente ao problema.

Como se tornar um profissional inovador?

Ser inovador, alguns dizem ser uma qualidade da pessoa, do DNA e até divino porém não é o que diz o livro, “O DNA do Inovador”.

No livro, é argumentado que estes lapsos criativos são qualidades e características que nascem com o indivíduo, mas que podem ser desenvolvidas, tudo isso com base em estudos nas universidades de Harvard, Marriott e Insead. A conclusão é que 25% a 40% de capacidade criativa está ligada a nossa genética, os outros 75% – 60% podem ser desenvolvidos como um roteiro.

 

  1. Primeiro deve-se entender a tal característica (ou o processo criativo);

  2. Praticá-lo;

  3. Ganhar confiança na própria capacidade de criar.

 

Conheça as principais competências de um inovador!

 

  • Ser proativo

Esta é a principal característica de um profissional inovador, pois a inovação está ligada a solução criativa de um problema, por tanto é necessário ser proativo, ter disposição e se entregar ao seu objetivo.

 

  • Ser curioso

Buscar o conhecimento, mesmo que ele não esteja ligado diretamente ao que você faz, este conhecimento pode te abrir uma visão para um problema, pode te fazer pensar fora da caixinha.

Este é um dos pontos de destaque de maior característica do profissional inovador, pois ele sempre está de olho em tudo que o rodeia, olhando com muito detalhe como se fizesse parte de tudo que está acontecendo a sua volta, essa ação pode despertar o “play” para uma nova ideia.

  • Conhecimento

Sabemos que o conhecimento é fundamental para tudo na vida, é ainda mais importante para aqueles que desejam iniciar a prática da mente inovadora. Uma ótima oportunidade é questionar e até se auto-questionar, encontrar outras maneiras de fazer uma coisa, de uma forma mais rápida.

Outra coisa que um inovador faz, que está muito ligada ao conhecimento é o compartilhamento deste conhecimento, não têm o porque ter o conhecimento se não passá-lo adiante ou colocá-lo em prática.

 

Ser inovador é usar todo o seu tempo e energia com suas ideias, utilizando sua rede de contato, com contato dos mais diversos segmentos e bagagem cultural, pois uma pessoa de um segmento diferente pode te dar uma visão que você ainda não tenha se atentado, ou uma crítica.

 

  • Experimentar

O inovador está a todo momento testando, seja a técnica que acabou de aprender, seja a receita que acabou de ver e até tirando som de algo que acabou de ouvir. Eles adoram explorar e nunca nada está bom, sempre pode ser feito de uma outra forma, de uma maneira mais rápida, buscam novos lugares, sempre atrás de novas ideias, sempre aprendendo algo.

 

  • Jamais desistir de primeira

Inovar nem sempre vai ser um tiro certeiro, aliás as chances de você acertar de primeira são muito baixas, portanto esteja sempre ciente que para chegar ao objetivo final, é necessário passar por algumas tentativas e erros.

Profissional inovador, como desenvolver essa habilidade?

Essa pergunta é como uma via de mão dupla, por exemplo, para que este profissional apareça dentro de uma empresa, é necessário que a empresa desempenhe o papel de incentivar o profissional, que dê asas para que o funcionário possa voar, tornando isso uma filosofia a empresa vai ter muitos outros inovadores.

 

  • Visão corporativa

As empresas têm o seu papel, que é muito importante dentro deste processo, afinal cabe a elas estimularem seus colaboradores, dando liberdade, incentivando seus colaboradores a buscarem sempre mais e fazerem com que seus líderes, gerentes, coordenadores e supervisores estejam prontos e atentos com sua equipe, abrindo seus olhos e ouvidos para novas ideias que ajudam a encontrar novas oportunidades, afinal de contas o profissional inovador pode estar dentro do seu grupo, só não teve oportunidade ainda.

  • Visão do profissional

Por outro lado o profissional deve se autoconhecer e aproveitar a oportunidade, investir no seu aperfeiçoamento profissional e pessoal, pois o aprendizado pode fazer com que ele possa desenvolver mais características inovadoras.

 

Tags:,

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: