AFF COMUNICA Sem categoria Entenda o impacto de ter uma boa gestão de negócios

Entenda o impacto de ter uma boa gestão de negócios


Para competir de igual para igual no mercado é preciso ter uma visão ampla do seu empreendimento, principalmente, de cada etapa do fluxo de produção. Para conseguir isso, é muito importante adotar uma boa gestão de negócios.

Não adianta ter um empreendimento de sucesso se você sofre com a falta de organização e administração interna. Sem isso, o negócio corre risco de não ir para frente.

Nesse post você entenderá a importância da gestão de negócios e encontrará exemplos de como aplicar essa estratégia. Confira.

O que é gestão de negócios?

gestão de negócios imagem que faz referência

Gestão de negócios é o que estrutura todo fluxo produtivo de uma empresa, desde a contratação de colaboradores até a venda do produto ou serviço oferecido e o contato direto com o consumidor. 

Essa estrutura serve para que o gestor tenha controle de todos os setores da empresa. Assim, ele sabe onde precisa melhorar e em quais soluções pensar na hora de resolver problemas.

Por exemplo, uma empresa de limpeza precisa de uma gestão organizada para gerir todas as equipes responsáveis pelo serviço e atender a todos os clientes com a mesma excelência.

Como implantar uma gestão de sucesso

Existem diversos softwares que podem contribuir para que você implante uma gestão de negócios bem sucedida na sua empresa. Falaremos de dois deles abaixo.

Uma empresa de fabricação de plástico, por exemplo, usa um sistema que utiliza um Planejamento de Recursos da corporação, serve para acompanhar de perto como andam as finanças do empreendimento.

Com esse software você pode organizar informações dos seguintes setores:

  • Estoque;
  • Contabilidade;
  • Faturamento;
  • Compras;
  • Gestão de pessoas;
  • Custo.

É possível configurar esses módulos a partir das necessidades da empresa.

O CRM ou Gestão de Relacionamento com o Cliente, cuida das informações sobre a clientela.

Ele reúne em um mesmo lugar todos os dados importantes dos seus clientes e serve para fazer cadastro de consumidores, atendimento e suporte.

Uma empresa que produz moldes de plástico pode usar esses dois programas para controlar o fluxo de produção de perto e acompanhar a recepção dos clientes.

A partir dos resultados conquistados, o gestor analisa quais setores estão precisando de melhorias e direciona seus esforços para isso. 

No entanto, para fazer bom uso dessas ferramentas é preciso ter uma noção muito clara das suas prioridades. Confira alguns pontos importantes abaixo:

Definir metas

Você tem que definir aonde quer chegar antes de começar a produzir. Para isso, defina metas realistas junto a sua equipe.

Sem a definição do que você deseja alcançar com o empreendimento, fica mais difícil trabalhar para ser bem sucedido.

Análise de relatórios

Na hora da produção é necessário ter o controle de todo o fluxo por meio de relatórios gerenciais.

Tendo esse controle você tem mais chances de tomar atitudes acertadas. Afinal, com dados concretos fica mais fácil saber como está a empresa e o que deve ser revisto.

Os sistemas de gestão que foram citados acima entregam esses relatórios.

Capacitação

Implantar sistemas de gestão demanda investimento em tecnologia e em capacitação da equipe de colaboradores.

Um investimento essencial é pesquisa de tipos de licenciamento microsoft para garantir um bom sistema operacional para os computadores da empresa. 

Os dois softwares citados ao longo do texto (ERP e CRM) também são essenciais pois otimizam a gestão empresarial.

Sem as ferramentas adequadas sua empresa não vai evoluir.

Por exemplo, as autoescolas precisam de profissionais capacitados para atender a pessoas com deficiência no processo de obtenção da CNH especial.

Controle das finanças

Quando se fala em pequenos negócios é comum que as finanças da empresa e do dono da empresa sejam uma só. Isso atrapalha o empreendimento.

Separe as duas coisas para ter mais independência e controle na hora de investir. Para conquistar isso evite usar cheques especiais e não supere seu limite de crédito. 

Procure uma empresa de contabilidade para te ajudar nesse processo.

Tipos de gestão

Como as empresas têm perfis variados, as gestões também seguem essa lógica. A seguir, conheça os tipos de gestão que você deve implementar:

Gestão empresarial

É a base das gestões. Compreende coordenação de processos e pessoas, administração e análise.

Gestão financeira

Aqui, o foco é no gerenciamento de processos relacionados ao dinheiro que entra e sai da empresa, ou seja, investimento, orçamentos, fluxo de caixa e transações financeiras, entre outros.

Nessa gestão, o mais importante é fazer planejamentos para atingir o equilíbrio entre receitas e despesas.

Gestão de pessoas

Gerir pessoas é sobre saber delegar tarefas e dar espaço aos colaboradores para que eles tomem decisões acertadas para a empresa sem necessariamente precisarem te consultar antes.

Reunir uma equipe demanda visão e empatia para juntar profissionais com bagagens diversas e complementares. Dessa forma, sua empresa ganha em inovação e personalidade.

Gestão de processos

É a otimização de processos. O primeiro passo é saber delegar tarefas para que muitas pessoas não fiquem responsáveis por uma tarefa só.

Depois, trabalhar para que cada pessoa da equipe não gaste tempo demais em uma mesma tarefa. Quanto menos tempo e recursos gastos em um processo, menos custo de produção.

Gestão de logística

Saber como entregar seu produto ou seu serviço da forma mais rápida e eficiente possível é decisivo para o sucesso da empresa.

Desde a composição do estoque e manuseio até estratégias de transporte, a logística determina se você vai fidelizar seus clientes por meio de processos de qualidade.

Uma empresa de coleta de lixo eletrônico precisa pensar a logística dos postos de coleta de lixo eletrônico para maximizar sua produção e otimizar seu fluxo produtivo. 

O descarte adequado de lixo eletrônico é essencial para preservar o meio ambiente.

Gestão de marketing

No geral, o marketing se encarrega da relação entre a marca e o cliente. É por meio do marketing que o gestor conhece seu público, suas vontades e necessidades.

A partir disso, é possível construir estratégias para atingi-lo com precisão, assim como buscar outros públicos.

Por exemplo, um empreendedor percebe que seus colegas empresários estão enfrentando problemas nos negócios. 

Percebe também que muitas pessoas desejam começar a empreender, mas não sabem como.

Então, ele enxerga uma oportunidade: passa a oferecer o serviço de coach para empresários, para instruir quem precisa de um novo caminho.

Gestão de vendas

Essa gestão é complementar à gestão de marketing. É responsável pela identificação de tendências e demandas de mercado para manter o negócio relevante e lucrativo.

Com as estratégias de marketing como ponto de partida, a gestão de vendas cria estratégias para consolidar a relação entre marca e cliente.

Quando bem empregados e integrados, esses tipos de gestão otimizam os processos da empresa e reduzem custos, ao mesmo tempo em que beneficiam a produtividade.

Metodologias de gestão

Diante de tantas possibilidades de gestão, é natural que existam diversas metodologias para aplicar esses sistemas. Confira algumas delas abaixo:

PDCA

A sigla PDCA significa Plan, Do, Check, Act (planeje, faça, cheque, aja). Esse método é mais adequado para gestões que mudam constantemente.

No PDCA o gestor cria um ciclo de repetição onde o gestor planeja uma mudança, aplica, analisa os resultados e a adapta para otimizar o processo.

GPD

O Gerenciamento por Diretrizes tem como foco a melhoria da qualidade de um processo ou de um produto.

É voltado para o detalhamento de etapas de projeto e foco nos resultados, com espaço para ajustes no fluxo produtivo.

Uma empresa de decoração de gesso para sala, por exemplo, pode ser muito beneficiada com o GPD para otimizar o fluxo de produção. 

Análise SWOT

SWOT é uma sigla para Strengths, Weaknesses, Opportunities e Threats. Em português, é conhecida como Matriz FOFA (Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças).

Consiste em direções baseadas no cenário da empresa para definir como concretizar uma mudança nela.

PMBOK

Um guia de boas práticas para conquistar otimização em planejamento e execução de projetos.

BSC

O Balanced Scorecard é voltado para a atuação do gestor empresarial. Envolve vários aspectos da administração empresarial em um modelo de desempenho para o gestor.

Sua principal ideia é garantir equilíbrio entre esses vários aspectos da atividade para evitar que o profissional se dedique exclusivamente a uma área e se esqueça ou negligencie outra.

Metodologia ágil

Mais comum na área de desenvolvimento de softwares, a metodologia ágil se baseia em processos que são entregues nos primeiros estágios produtivos e depois recebem aprimoramentos.

Gestão é trabalhar para chegar ao auge

Ao adotar as formas e metodologias de gestão mostradas neste post, o empresário está trabalhando para tirar da sua equipe o melhor desempenho possível, sem deixar de se preocupar com o bem estar dela.

Estude minuciosamente cada setor do seu empreendimento e conheça bem seus colaboradores. Assim, você estará mais apto a aplicar mudanças e fazer a diferença.
Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

Related Post

%d blogueiros gostam disto: